3 Motivos para sua empresa investir em Marketing de Conteúdo

Time management, marketers teamwork. Media planning, media representation control, reach your client, best media plan for your brand concept. Bright vibrant violet vector isolated illustration

O que é marketing de conteúdo?

De acordo com Gabriel e Kiso (2020, p. 241):

É o processo de criação de conteúdo de valor e relevante para atrair, adquirir e envolver seu público de interesse. Uma estratégia de marketing de conteúdo bem elaborada coloca sua empresa na posição de autoridade, influenciando a preferência pela sua marca, ao informar e educar os compradores. Fornecer conteúdo útil e relevante pode estimular uma relação de credibilidade e confiança entre sua marca e os clientes, que continua a crescer e se fortalecer ao longo do tempo.

O marketing de conteúdo visa, então, a entrega de conteúdo de valor para seu público-alvo, de forma que os deixe envolvidos, por meio de canais que se adequem às estratégias desenvolvidas.

3 motivos para sua empresa investir

  • Aumenta as vendas

Uma das principais vantagens desse método é o aumento de vendas com a redução do investimento em mídias pagas.

Você educando e ajudando o público com esse conteúdo vai fazer com que as pessoas em algum momento acabem lembrando da sua marca e busquem seu produto como solução.

No marketing, essa tática é conhecida como funil de vendas, quando você interage com seu público em várias etapas para por fim induzi-lo a adquirir seu produto.

  • Melhora seu rankeamento no Google

O investimento em conteúdo especializado e relevante faz com que sua marca se destaque pelo algoritmo do Google, o que possibilita a entrega dele para várias pessoas que podem se interessar em seu produto ou serviço.

Para focar nesse passo, é importante técnicas de SEO estarem bem alinhadas, entenda também sobre Os 3 principais processos de retorno para pesquisas do Google.

  • Aumenta a autoridade da sua marca

Para chegar a esse objetivo, é necessário que sua empresa tenha planejamento e disciplina, desta forma poderá nutrir seu público-alvo com frequência e focar no que é relevante para ajudá-lo. Quando conseguir construir essa confiança com seu público, por meio de todo conteúdo que foi lhe ofertado, ele entenderá que você tem autoridade sobre esse assunto e terá uma grande probabilidade de consumir sua marca no momento em que estiver precisando ou, até mesmo, para indicar para alguém.

Dentro desse processo, saber como conduzir o lead no funil de vendas é essencial!

Viu como o Marketing de Conteúdo é importante para sua empresa? Se precisar de ajuda profissional para investir nessa técnica nas redes sociais fale com a gente: https://mktconsultoriaedesign.com/contact/.

Referências

GABRIEL, Martha; KISO, Rafael. Marketing na era digital: conceitos, plataformas e estratégias. Ed. 2. São Paulo: Atlas, 2020.

A importância da presença digital para sua empresa

Neste vídeo, explico a importância da presença digital para sua marca e seu real objetivo. Explano conceitos abordados por Rafael Kiso, especialista em Propaganda e Marketing, para uma boa presença no ambiente online e também, apresento dicas, que vão te ajudar a ficar mais atento nesse cenário. Confira:

Aprenda a criar seu plano de marketing:

Plano de Marketing: aprenda todas as etapas e componentes essenciais de um planejamento de sucesso


Referências:

GABRIEL, M. Marketing na era digital. São Paulo: Ed. Novatec, 2010.

Imagem Orkut: site G1

Os 3 principais processos de retorno para pesquisas do Google

Saiba como melhor posicionar seu site nas primeiras páginas do Google. Por que sua marca deve se preocupar com isso? A Resultados Digitais explica:

A otimização de sites para mecanismos de buscas é feita para alcançar o usuário entregando a resposta que ele procura com o formato ideal, oferecendo a melhor experiência possível no ambiente da marca e seguindo as diretrizes dos buscadores.

Desta forma, você terá seu site melhor posicionado e proporcionará uma experiência eficaz aos internautas.

O Google, principal buscador da internet, define 3 principais processos de retorno para pesquisas, são eles: rastreamento, indexação e exibição de resultados.

Rastreamento

Esse passo é realizado pelos Googlebot, robôs do Google. Eles são responsáveis por identificar as páginas para enviar ao índice do buscador. Esse critério é baseado pelo algoritmo do mecanismo de busca, que tem o papel de definir quais serão as prioridades e frequências de indexação das páginas.

Indexação

Após a etapa de rastreamento, o Googlebot processa cada uma das páginas rastreadas para incluí-las no seu índice, por meio da indexação. 

Informações como: conteúdo de página, data da publicação, localidade, título, descrição e dados estruturados são inerentes a esse processo.

Exibição de resultados

Todas as etapas da indexação levam ao resultado. Desta forma, quando uma pesquisa é realizada, o índice é consultado e todo conteúdo relevante é exposto. Para isso, o Google analisa mais de 200 fatores de ranqueamento.

O processo de busca também é facilitado pelo preenchimento automático do Google, que completa nossas perguntas, contribuindo para dar início a busca, e, o melhor, corrige os erros.

Não o bastante em ter o alinhamento desses três processos, é importante acompanhar as atualizações e entender o funcionamento do algoritmo do buscador. Desta forma, você ficará a par de tudo que está acontecendo para o aprimoramento dos seus resultados e entenderá melhor o mecanismo de funcionamento da ferramenta de pesquisa.

Para começar o processo de otimização do site de forma básica, o próprio Google lançou o Guia de otimização de mecanismos de pesquisa (SEO) para iniciantes, vale a pena conferir!


Referência: https://resultadosdigitais.com.br/especiais/o-que-e-seo/#topic3

Redes sociais ou mídias sociais?

Muitas pessoas ainda pairam na dúvida sobre essas duas terminologias. O fato é que são conceitos totalmente diferentes. Para Gabriel e Kiso (2020, p. 234): 

‘’Apesar de parecer assunto novo, redes sociais existem há pelo menos três mil anos quando homens se sentavam ao redor de uma fogueira para conversar sobre assuntos de interesse em comum. O que mudou ao longo da história foi a abrangência e a difusão das redes sociais, conforme as tecnologias de comunicação interativas foram se desenvolvendo: escrita, correios, telégrafo, telefone, computador, telefone celular, etc.’’

No marketing, as redes sociais são as plataformas interativas presentes na internet (definidas por Gabriel e Kiso (2020, p. 33), como sites de mídia social, entre eles está o Facebook, Instagram, Linkedin e outras.). Por meio delas é possível se conectar a amigos, familiares, profissionais etc. Já as mídias sociais, são todos os conteúdos (texto, vídeo, imagens etc.) produzidos pelos usuários dentro dessas redes.

A primeira rede social que se tornou popular foi o Friendster, em 2003. Nela cada pessoa podia criar apenas um perfil e poderia se conectar a amigos e outras pessoas. Conquistou mais de 3 milhões de usuários e na época ganhou repercussão em várias revistas.

                                              Friendster (Foto: site Mega Curioso)

As redes sociais mais populares do Brasil

                                                            (Foto: Hootsuite)

Em primeiro lugar está o YouTube, como maior do Brasil e a segunda maior do mundo. O Facebook ocupa o segundo lugar entre os mais populares, porém o Instagram, comparado a outras redes sociais, tem quinze vezes o maior alcance, segundo Terra (2020).

Redes sociais e mídias são conceitos que andam juntos e acabam se confundindo, mas espero com esse texto ter esclarecido melhor essas ideias.

Está precisando de ajuda para melhorar seu desempenho na redes sociais? Peça a ajuda de um profissional!!


Referências

COSTA, Thaís. Quais são as redes sociais mais usadas no Brasil em 2019? Rock Content, 2020. Disponível em: <https://rockcontent.com/br/blog/redes-sociais-mais-usadas-no-brasil/>. Acesso em: 7 out. 2020.

GABRIEL, Martha; KISO, Rafael. Marketing na era digital: conceitos, plataformas e estratégias. Ed. 2. São Paulo: Atlas, 2020.